Honda CG 160 evolui com CBS e suspensão Showa

A Honda apresentou as três versões da CG 160 com aprimoramentos para a linha 2018: Start (R$ 7.990, reajuste de R$ 150), Fan (R$ 8.990, reajuste de R$ 100) e Titan (R$ 10.190), todas com partida elétrica, sendo a Start a única com freio dianteiro a tambor. Além da tradicional atualização de cores e adesivos, as duas principais evoluções da família CG 160 estão nos sistemas de freios e suspensão.

O sistema de freios de atuação combinada passa a ser equipamento padrão, chamado também de CBS ou CombiBrake ele distribui automaticamente um terço da força de frenagem aplicada ao tambor traseiro para o sistema dianteiro. Isso garante que o motociclista que não utiliza os dois freios da moto, ou pior ainda, que usa apenas o traseiro por medo de não conseguir modular o dianteiro, obtenha uma frenagem mais eficiente e segura. Diferentemente da Yamaha, o sistema combinado da Honda é hidráulico, exceto na Start, em que os sistemas a tambor atuam por cabos. A partir de 2019 todas as motos vendidas no país deverão contar com algum sistema de assistência à frenagem, seja CBS ou o antitravamento ABS, portanto a Honda está se antecipando.   

Quanto à mudança da suspensão é uma grata surpresa, porque a CG passa a contar com um garfo de funcionamento muito mais preciso da Showa antes só visto em modelos de maior cilindrada. O sistema também usado pelas off-road de competição CRF consiste na separação de funções, ficando a bengala direita responsável por compressão e retorno hidráulicos e a esquerda pela atuação da mola. É nítida a diferença de comportamento, mais progressivo, firme e com ótima capacidade de absorção de impactos. Entramos em uma via de cascalho e terra para comprovar se a primeira impressão nas ondulações do asfalto se confirmavam em piso ruim, e assim foi.

Os painéis de instrumentos foram atualizados, passando a ter o mesmo fundo preto já adotado pela Twister agora na Titan. A Fan permanece com o painel de fundo claro e dígitos pretos, e na Start foi acrescido o conta-giros. A Start é a única com rodas raiadas e de aço, mas o cromo dos aros passa a ter a mesma tonalidade escurecida lançada na XRE 190. 

APLICATIVO



INSTAGRAM