Lançamento da Kawasaki Versys 300 confirmado no país

A trail produzida a partir da base de Z300 e Ninjinha, revelada mundialmente há um ano, será vendida no Brasil a partir da segunda quinzena deste mês. Com novo chassi tubular de aço, aro dianteiro de 19 polegadas (ambos são de alumínio DID, raiados) e suspensões de maior curso, a Versys 300 se diferencia de suas variações 650 e 1000 que usam rodas de liga de 17”. Essa característica é reforçada pelos pneus que a equiparão no país, os Pirelli MT-60 de sulcos generosos já bem conhecidos dos brasileiros desde a década de 1990.

Em comparação com Z300 e Ninja, as mudanças mecânicas fundamentais estão no maior ângulo de cáster com garfo de 41 mm de diâmetro em vez de 37 mm, nos cursos de suspensão de 130 mm e 148 mm no lugar de 120 mm e 132 mm (portanto uma elevação não tão grande para uso fora de estrada, quando ultrapassam facilmente os 200 mm) e na relação de transmissão final encurtada. O motor é o mesmo de 2 cilindros e 296cc que performa melhor em altas rotações do que baixas (40 cv a 11.500 rpm e 2,6 kgf.m a 10.000 rpm), quando há certa deficiência de torque, o que a marca tentou amenizar com uma solução simples, mas que cobra seu preço no aumento das rotações em velocidade de cruzeiro.

No Brasil haverá ao menos duas versões, nas cores verde, laranja e cinza, incluindo a mais equipada Tourer com faróis auxiliares de LED montados em protetores de carenagem e motor, tomada 12V no painel, protetores de mãos, cavalete central e pequenas malas laterais de plástico com capacidade para 17 litros cada. Os preços ainda não foram informados, mas a julgar pelo posicionamento das Versys sempre superior ao das Ninja em toda a linha Kawasaki, o valor do novo modelo teria variações ao redor de R$ 24 mil dependendo da versão.

APLICATIVO



INSTAGRAM