Nova H2 SX amplia uso do supercharger na linha Kawasaki

07/11/2017 11:26

O Salão de Milão (EICMA) deste ano marca o início da expansão no uso do supercharger pela linha Kawasaki. A fabricante japonesa apresentou a sport-touring H2 SX e seus representantes disseram que ainda há muito por vir, pois os motores sobrealimentados estariam planejados para se disseminarem pelas motos da marca. A SX vai numa nova direção, do uso “na vida real”, para isso o motor foca a entrega de potência progressiva em baixas e médias rotações. Assim como a H2 esportiva a SX alcança os 210 cv com a indução de ar (14 kgf.m) e tem como principal apelo a capacidade de aceleração superior à de uma superbike aspirada. Admissão, turbina, cilindros, pistões, cabeçote, escapamento, relações de marcha... quase tudo foi revisto para a nova proposta.  

A Kawasaki explica que para a SX o chassi de treliça foi modificado, bem como os tamanhos de carenagem e assentos buscando mais conforto. Na versão mais completa virá com malas laterais, painel TFT e faróis de LEDs direcionais instalados nas laterais.

Outro lançamento da marca, que no fim de outubro havia revelado a Ninja 400 e a retrô Z900RS no Salão de Tóquio, é a variante Z900RS Cafe. Mantendo a base mecânica da naked esportiva Z900, a Cafe recebeu carenagem, guidão mais baixo, assento estilo monoposto e pintura verde.   

APLICATIVO



INSTAGRAM