Duas Rodas
  • Revista Digital
  • RSS
  • Twitter
  • Facebook
  • Google+


Honda lança nova geração da CG para linha 2014

Líder de vendas, que já domina 80% da categoria, chega renovada para "tirar clientes da concorrência"

30/07/2013 às 22h03m

As estatísticas da Honda CG são impressionantes: é dona de um terço das vendas de motos no Brasil; 80% na categoria das utilitárias de até 150cc; e o recorde de veículo mais vendido no país, com 10 milhões de unidades acumuladas desde 1976 (os Volkswagen Gol e Fusca somam 7 e 3 milhões, respectivamente). Um domínio incontestável como esse poderia deixar a marca acomodada. Não é o caso da Honda, que anunciou na noite desta terça-feira (30) o modelo 2014 com uma série de melhorias e preço sugerido de R$ 5.490 (Fan 125 KS) a R$ 7.830 (Titan 150 EX). “Com essa renovação queremos aumentar a participação na categoria e tirar clientes da concorrência”, diz o engenheiro Alfredo Guedes.  

A atualização estética é a mais evidente e atinge todas as versões, com pequenas diferenças entre Fan e Titan. Isso significa que a Fan deixa de ter o design da geração anterior e dá adeus ao farol redondo. A frente passa a contar com farol de linhas angulosas semelhante ao da NC700X, com painel digital integrado, e o formato “gota” das luzes de direção vem da nova Bros. Tanque e rabeta também ganharam linhas angulosas. Além disso, o tanque passa a ter aletas laterais em todas as versões, dando mais volume à parte dianteira, e a rabeta ganhou uma faixa central preta. A lanterna é mais estreita e as luzes de direção da Titan deixam de ser integradas na mesma peça para destacá-las e facilitar a visualização.

Para o modelo 2014 a Honda projetou um novo chassi 4 kg mais leve e que tem um ângulo de direção menor, para torná-lo mais ágil nas mudanças de direção. Outra preocupação que norteou o projeto foi incrementar o conforto. Para isso, a espuma do assento foi revista e os amortecedores das versões 150 foram retrabalhados na compressão e no retorno, além de ganharem curso. O conjunto de mudanças na CG só não atingiu o motor, embora os catalisadores sejam novos para já atender à próxima fase da legislação de emissões (precisam ser mais duráveis). 

A nova linha Fan tem quatro versões: 125 KS (R$ 5.490, com freio dianteiro a tambor e partida a pedal), 125 ES (R$ 6.100, partida elétrica), 125 ESD (R$ 6.250, partida elétrica e freio dianteiro a disco) e 150 ESDI (R$ 6.750, além do motor maior, ganha marcador de combustível no painel). Já a CG 150 Titan, que passou a contar com suspensões com 5 mm a mais de curso e relógio no painel, permanece disponível nas versões ESD (R$ 7.320) e EX (R$ 7.830, esta última com rodas de liga leve e diferenças no acabamento. As vendas começam em agosto, exceto pela versão de entrada Fan 125 KS, que só chegará às concessionárias em setembro.

Especial Dia do Motociclista: dez grandes façanhas sobre duas rodas

Juízes declaram apoio a lei que retira impostos de itens de segurança

BMW sai do Mundial de SBK e cita Brasil em "realinhamento estratégico"

Ducati 1199 Panigale R é a mais cara do Brasil

Vídeo que celebra história da Honda atinge 4 milhões de visualizações

Modelo 2014 unifica design da Titan e da Fan, que aposenta o farol redondo

VEJA TODAS AS NOTÍCIAS


Classificados

Anunciar