Advertisement

BMW começa a vender o scooter C600 Sport por R$ 52 mil

Marca importou apenas 102 unidades para ?testar a aceitação do mercado?, mas espera que o primeiro lote do scooter se esgote rapidamente

14/03/2014 10:54

Apesar do preço, que é o maior entre os scooters vendidos no Brasil, o comentário de uma fonte da empresa mostra a expectativa com a importação do primeiro scooter BMW. “Muitos proprietários de GS e fãs da marca já têm scooters para deslocamentos diários”, diz. “Por isso, mesmo com a cautela de testarmos a aceitação com um lote pequeno, esperamos vender todos rapidamente.” Por R$ 52 mil o C600 Sport se diferencia de outros modelos da categoria pela extensa lista de itens de série e um projeto que privilegia a dinâmica semelhante à de uma moto.

O motor de 2 cilindros em linha atinge 60 cv e é capaz de levá-lo a 175 km/h, segundo dados da fabricante. Ainda de acordo com o departamento de engenharia, toda a concepção privilegiou uma dinâmica ágil e que proporcionasse “feedback” semelhante ao de uma moto: a estrutura é esguia e o centro de gravidade baixo, as rodas de aro 15 polegadas usam pneus com larguras de motos da mesma cilindrada (120 e 160), a suspensão dianteira é invertida e a traseira monoamortecida, melhorando a estabilidade nas curvas.

O primeiro scooter da marca também se destaca pelos itens de conveniência e a tecnologia embarcada. Freios ABS já seriam de esperar, mas o necessário freio de estacionamento (o scooter tem câmbio CVT, portanto não é possível parar "engatado") ganhou a inovação de ser acionado automaticamente com o descanso lateral, e não manualmente. Já a condução no frio é facilitada pelos sistemas de aquecimento para banco e manoplas, além do para-brisa com altura ajustável. O painel reduz a iluminação para uso diurno e informa até pressão dos pneus e nível do óleo.

A BMW desenvolveu um novo sistema de porta-objetos expansível embaixo do banco, que acomoda um segundo capacete quando o C600 está estacionado. O problema de espaço é comum em scooters de alta cilindrada, que usam rodas maiores e precisam de tanques com maior autonomia (16 litros, neste caso). No C600 a solução foi criar uma tampa que se abre embaixo da rabeta e prolonga o bagageiro com uma extensão de tecido. Porta-objetos e os dois porta-luvas são trancados automaticamente quando o scooter é desligado.

O primeiro lote de importação, previsto para 2014, tem apenas 102 unidades em três opções de cores: azul, preto ou branco.

APLICATIVO



INSTAGRAM