Quatro Rodas

KTM afasta Zarco da equipe de MotoGP; Kallio será substituto

Francês continuará sob contrato até o fim de 2019, enquanto o piloto de testes assume a posição no grid

17/09/2019 18:09

A temporada conturbada e de resultados decepcionantes do piloto francês Johann Zarco na equipe KTM chega ao fim precocemente. Após o GP de San Marino, no último domingo, ele foi dispensado de correr pela equipe de fábrica. Até o final da temporada a segunda moto no grid será conduzida pelo piloto de testes Mika Kallio. Dani Pedrosa, também piloto de testes, prefere não correr e seguirá desenvolvendo a RC16 2020. 

“Precisamos tomar decisões que assegurem o uso de nossos recursos da melhor maneira possível”, explica Pit Beirer, diretor do departamento de competições da KTM. “Acreditamos que Mika pode nos ajudar nesse momento com seu conhecimento. É primordial verificarmos nossos resultados de testes em condições reais de corrida para começar a temporada 2020 na melhor posição possível.”

Zarco foi contratado no final de 2018 da equipe satélite Tech 3, para cumprir dois anos de contrato com a KTM. Havia terminado a temporada em 6º, à frente de motos de fábrica da Honda, Ducati e Suzuki. Também esteve no pódio com frequência, conseguiu voltas mais rápidas em corrida e poles. Mas ao trocar a Yamaha pela KTM teve dificuldades em se adaptar e está apenas em 17º no campeonato. O companheiro de equipe Pol Espargaro está em 11º, já esteve no pódio e obteve o 2º melhor tempo na classificação da última prova, que terminou em 7º. O piloto francês já fora dispensado de cumprir o segundo ano de contrato, mas segue sem moto para 2020.  

 

©Copyright Duas Rodas. Para adquirir direitos de reprodução de conteúdo, textos e/ou imagens: marcelo@revistaduasrodas.com.br

 

APLICATIVO



INSTAGRAM