Vídeo: sucesso nos anos 1970, Honda CB 350 volta na Índia

Modelo retrô tem mecânica simples e referências ao passado da família CB

30/09/2020 18:09

A Honda CB 350 foi o modelo mais exportado pela marca japonesa aos países ocidentais durante os anos 1970. O design que remetia à CB 750 em menor escala, com motor de 2 cilindros paralelos confiável e de boa performance, fez sua fama.

Agora ela retorna para uma missão específica, em princípio na Índia: rivalizar com fabricantes locais pelo crescente mercado de modelos retrô de baixa cilindrada, como Royal Enfield e Jawa. 

Para isso, o design traz referências à clássica atual CB 1100 e um grande emblema retrô no tanque para 15 litros, como a marca usava no final dos anos 1970 e início dos 1980. Recebem acabamento cromado para-lamas, retrovisores, escapamento e amortecedores. 

Apesar de ser full-LED, a Honda conseguiu remeter ao histórico da família CB com farol e luzes de direção redondos, além da lanterna no clássico formato retangular com círculo central. 

O painel minimalista tem velocímetro analógico e um display digital, mas não evita recursos tecnológicos como conexão bluetooth com celular, indicadores de ABS e controle de tração ativos. Também é completo, incluindo dados como consumo médio, autonomia, marcha engatada, voltagem da bateria, alertas de condução econômica e necessidade de manutenção.  

A posição de pilotagem é confortável, com guidão elevado e largo, e pedaleiras ligeiramente à frente da linha do banco – aliás, bem recheado de espuma. Medidas de rodas e pneus remetem à prioridade pelo conforto, com 100/90-19 e 130/70-18. Portanto, rodas maiores que as 17” usuais e pneu de perfil alto na dianteira.  

A mecânica é simples, prioriza torque em baixas rotações com economia e baixo custo de manutenção. Usa 1 cilindro refrigerado a ar, comando simples no cabeçote e câmbio de 5 marchas, com embreagem assistida e deslizante. Rende até 21 cv a 5.500 rpm e 3 kgf.m a 3.000 rpm.          

As opções de cores são vermelho metálico, verde e preto foscos, e três composições bicolores: branco/azul, cinza/preto e prata/preto.     

 

©Copyright Duas Rodas. Reprodução proibida de textos e imagens, total ou parcial.